• Português do Brasil
  • English
  • Español
  • العربية

ABICAB e Apex-Brasil realizam reunião com Instituto de Pesquisas Tecnológicas

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Encontro, organizado pelo projeto Sweet Brasil, avaliou oportunidades de uma nova ferramenta que promete aumentar a competitividade das empresas associadas.

Embalagens inovadoras e com um bom design garantem visibilidade nos disputados espaços nos pontos de venda internacionais, elevando o valor da mercadoria e, consequentemente, aumentando as exportações. Diante dessa premissa, a equipe do projeto Inova Embala, parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) com o Instituto de Embalagens e a ABICAB – por meio do projeto Sweet Brasil — se reuniram no início de setembro com o Instituto de Pesquisa Tecnológicas (IPT) para conhecer e avaliar as oportunidades do Programa de Apoio Tecnológico à Exportação, o PROGEX.

Trata-se de uma ferramenta tecnológica que atua basicamente na adequação e adaptação de produtos às exigências do mercado externo e que atende, principalmente, às micro, pequenas e médias empresas brasileiras. Tudo com o objetivo de fortalecer a competitividade mercadológica.

"Entre o que as indústrias mais necessitam para exportar mais está o desenvolvimento de diferencial competitivo. O programa de apoio tecnológico à exportação pode ser uma excelente ferramenta para o sucesso das vendas internacionais e por isto fizemos a aproximação com o IPT", comenta o Gerente de Exportação da ABICAB, Rodrigo Solano.

A equipe do IPT, mediante o Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec) do governo federal, e o programa de apoio tecnológico às micro, pequenas e médias empresas do governo estadual, demonstrou interesse em atender as empresas da Apex-Brasil para desenvolvimento de projetos de adaptação de embalagens e inovação em produtos, com subsídio de até 90%, e contrapartida de no mínimo 10% para empresas com faturamento até 90 milhões/ano”, comenta a Coordenadora de Competitividade da Apex-Brasil, Esther Pires Costa.

Nós possuímos o necessário para um bom atendimento às empresas. O IPT tem laboratórios especializados e apoio terceirizado para a fabricação de produtos ou embalagens a fim de atender seus parceiros com qualificação. Além da questão do serviço, o preço é vantajoso já que é orçado caso a caso e com a possibilidade de customizar os pedidos. Acredito que será uma parceria vantajosa”, comenta a responsável pelo núcleo de atendimento tecnológico do IPT, Mari Tomita Katayama.

Entre os benefícios do PROGEX estão: superar exigências técnicas internacionais e sobreviver no mercado alvo; evitar perda na participação do mercado para concorrentes; buscar vantagens competitivas em relação aos concorrentes; acompanhar padrões técnicos cada vez mais elevados para os produtos que fabrica; agregar valor ao produto e obter maior lucro.

Cada projeto oferecido pelo PROGEX é orçado caso a caso e o tempo médio de execução é de, aproximadamente, seis meses. O atendimento é focado prioritariamente às empresas do Estado de São Paulo.

Para outras informações acesse aqui.